«

jun 22

Imprimir Post

Retratos da Leitura no Brasil em 2016

Fonte: Instituto Pro Livro (Retratos da Leitura no Brasil, Março 2016)

Objetivos

O objetivo do presente artigo é analisar o mercado da leitura no Brasil e apresentar algumas lições importantes para o escritor independente.

Definições

  • Leitor: Leitor é aquele que leu, inteiro ou em partes, pelo menos 1 livro nos últimos 3 meses.
  • Não leitor: Não leitor é aquele que declarou não ter lido nenhum livro nos últimos 3 meses, mesmo que tenha lido nos últimos 12 meses.

População de leitores

Em 2015, estima-se que a população brasileira de leitores seja de 105 milhões. O mercado brasileiro é realmente um grande mercado cheio de oportunidades para os escritores.

Motivações para a leitura e fatores que influenciam a compra:

O estudo aponta que as quatro principais motivações do leitor para a leitura são:

  1. Gosto
  2. Atualização cultural ou de conhecimento geral
  3. Distração
  4. Crescimento pessoal

Os cinco principais fatores que influenciam na escolha de um livro são:

  1. Tema
  2. Dicas de outras pessoas
  3. Autor
  4. Titulo do livro
  5. Capa

O estudo aponta que o tema é o principal fator que influencia a compra do livro e não o autor. Isso é importante para o escritor independente. Significa que existem muitas oportunidades para publicações de nicho que atendem um público específico e sobretudo para publicações que tem como objetivo atualizar o leitor.

Lugares de leitura

Os lugares em que o leitor costuma ler livros

  1. Casa
  2. Sala de aula
  3. Bibliotecas
  4. Trabalho
  5. Transporte

Os lugares de leitura mostram que cada vez mais os leitores costumam ler livros fora de casa (transporte, cafés, salas de aula, trabalho, horário de almoço etc.). Isso significa que o formato do livro publicado por um escritor independente deve ser de bolso, para poder ser transportado com facilidade e consultado fora de casa.

Freios dos leitores à leitura

Os cinco principais motivos por não ter lido mais entre os leitores

  1. Por falta de tempo
  2. Porque prefere outras atividades
  3. Porque não tem paciência para ler
  4. Porque não há bibliotecas por perto
  5. Porque acha o preço de livro caro

Acesso aos livros

As cinco principais formas de acesso aos livros:

  1. Compra em lojas físicas
  2. Compra pela Internet
  3. Presenteados
  4. Emprestados por alguém da família ou amigos
  5. Emprestados em bibliotecas de escolas

O estudo mostra que a compra de livros na internet já é um hábito dos leitores. Portanto, existe espaço para que um escritor independente venda diretamente seus livros na internet no seu site.

As seis principais motivações para a escolha do local de acesso aos livros

  1. Preço
  2. Variedade
  3. Comodidade ou proximidade
  4. Garantia ou confiança
  5. Costume de comprar no local
  6. Oferta de livros especializados

O preço é um fator crítico de escolha do livro. O livro vendido pelo escritor independente deve ser vendido com preço moderado.

Perfil do leitor

Perfil do comprador de livros

  1. Tem nível superior
  2. Está estudando
  3. Classe A
  4. Renda familiar com mais de 10 salários mínimos

O que a leitura significa

  1. A leitura traz conhecimento
  2. A leitura traz atualização e crescimento profissional
  3. A leitura me ensina a viver melhor
  4. A leitura pode fazer uma pessoa ‘vencer na vida’ e melhorar sua situação financeira

O leitor tem geralmente nível superior, portanto os escritores independentes devem procurar sempre melhorar seus conhecimentos adquirindo diplomas e certificações ou participando de treinamentos que demonstrem que eles têm realmente o domínio do tema do livro.

Livros digitais

Leitura de livros digitais

  1. 3/4 nunca leu um livro digital
  2. 1/4 já leu um livro digital
  3. 85% nunca pagou por um livro digital (baixou gratuitamente na internet)
  4. 15% já comprou um livro digital

Livros digitais mais lidos

  1. Livros de literatura, como contos, romances ou poesias
  2. Livros técnicos, para formação profissional
  3. Livros escolares ou didáticos, ou seja, livros utilizados nas matérias do seu curso

O estudo é muito interessante na parte dos livros digitais. Podemos lembrar quatro princípios.

  1. O livro digital é pouco lido. O leitor prefere o formato impresso em papel.
  2. O livro digital não é valorizado pelo leitor. Ele costuma baixar gratuitamente os livros na internet. No Brasil, a pirataria é um risco para o livro digital.
  3. Poucos leitores compram livros digitais. Portanto, o leitor tem hábito de comprar um livro impresso. Ele valoriza bem mais o produto físico do que o produto digital.
  4. O leitor tem ciência que numerosos livros digitais são gratuitos por já estão no domínio público (livros clássicos) ou porque são publicações técnicas de interesse geral.

Atividades realizadas na Internet

  1. Trocar mensagens no WhatsApp ou no Snapchat
  2. Enviar e receber e-mails
  3. Acessar ou participar de redes sociais, blogs ou fóruns
  4. Escutar música
  5. Assistir vídeo, filmes ou TV online
  6. Trabalhar ou buscar informações sobre o trabalho ou profissão

O estudo é interessante porque ele mostra que o uso da internet no celular é muito comum e que uma grande parte do dia é dedicada a várias atividades consumidores de tempo e de bateria dos celulares tais como trocar mensagens, enviar e receber emails ou acessar redes sociais ou escutar música. O celular que é muito usado para muitas atividades na internet não parece ser considerado como uma ferramenta adequada de leitura. Se usado para tal o celular ficará descarregado rapidamente e ele não poderá ser usado para as demais atividades (mensagens, redes socais, música e vídeos). Considerando que o celular é a primeira forma de conexão na internet no Brasil, isso mostra que o livro digital não é um bom negócio para o escritor independente, já que o leitor brasileiro não valoriza o livro digital e que o livro impresso permanece a primeira ferramenta de leitura no Brasil.

Perfil da população dos não leitores

Os cinco principais motivos por não ter lido entre os não leitores

  1. Por falta de tempo
  2. Porque não gosta de ler
  3. Porque não tem paciência para ler
  4. Porque prefere outras atividades
  5. Porque tem dificuldades para ler

O estudo mostra que os “não leitores” não tem tempo, não gostam, não tem paciência ou não gostam de ler. Portanto, eles podem ser tornados consumidores de produtos alternativos como áudio livros que poderão ser escutados nos transportes públicos ou vídeos que poderão ser assistidos no celular.

Link permanente para este artigo: http://www.cesarramos.tv/retratos-da-leitura-no-brasil/